0800 723 0022

     
template-terapia


Depoimentos

Terapia Intensiva:

O Hospital Adventista de Belém possui atualmente três Centros de Terapia Intensiva (CTI) com um total de 26 leitos. Nossos pacientes são acompanhados por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada formada por médicos intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas e nutricionistas.

IMG_0571

IMG_0576

Cada unidade possui um médico diarista como parte do conceito de humanização da instituição, pois dessa forma o boletim de cada CTI é informado pelo mesmo médico, o que garante uma relação mais próxima com os familiares. Além de equipamentos modernos e de última geração, como uma central de monitorização que permite a vigilância constante, o hospital tem investido na elaboração de protocolos e processos, medidas de cuidado em busca da plena segurança do paciente, contribuindo também para o processo de acreditarão.

Central de monitorização que permite a vigilância constante dos pacientes

Central de monitorização que permite a vigilância constante dos pacientes

Logo abaixo Dr. Edgar Sobrinho, gerente médico do HAB, responde às duvidas sobre as principais orientações para o familiar do paciente das nossas unidades de terapia intensiva.

1 – Qual o horário de visitas? Pela manhã 11h, à tarde 17h e 21h da noite.
Quantas pessoas podem entrar? Pode entrar apenas 1 (uma) por horário de visita.

2- Posso Tocar no paciente? Pode, tomando as precauções devidas que são orientadas pela equipe assistencial.

3- Posso ter informações diárias do meu familiar por telefone? Não, as informações são somente presenciais durante o boletim médico.

4 – O que posso trazer para o meu familiar? Apenas materiais de higiene pessoal que são solicitadas pela equipe assistencial. (Fotos, cartões, material religioso, que irão favorecer o bem estar do paciente podem, desde que informados à equipe assistencial)

5 – Quanto tempo meu familiar ficará na UTI?
Não há tempo pré-determinado, pois dependerá da avaliação médica quanto à evolução do seu quadro clínico e resultados de exames.

6 – E quando for alta, o que devo providenciar?
Quando o paciente recebe alta, o enfermeiro da UTI faz contato com a família e/ou responsável e solicitará um acompanhante. O paciente será liberado mediante a presença do acompanhante no hospital, em seguida o mesmo vai para a unidade de internação (apartamento ou enfermaria). Sugerimos que deixe mais de um número de telefone para contato.

Mas informações (91) 3084-8686. Para assistência espiritual procure nosso serviço de Capelania.

Voltar      Home