0800 723 0022

     
slide 1


Depoimentos

Hospital recebe Certificado por Distinção na Identificação e no Tratamento da SEPSE:

Data: 14 de junho de 2017 - Categoria: Destaque, Enfermagem, Hospital, Qualidade

18358553_1403282283051473_404090150161413153_o

A Sepse é uma resposta desregulada do organismo frente a uma infecção. Também conhecida como infecção generalizada, a doença é responsável por 60% das mortes em hospitais do Brasil.  No entanto, no Hospital Adventista de Belém, os dados são diferentes, pois a porcentagem no HAB corresponde aos melhores padrões internacionais relacionados à doença. “É que nos últimos anos, o HAB aderiu à campanha de sobrevivência à Sepse e investiu na implantação de protocolos específicos que garantiram a melhoria dos resultados na identificação no tratamento da doença”, explicou Edgar Sobrinho, coordenador da campanha no hospital.

Equipe assistencial multidisciplinar aderiu às boas práticas em prol da melhoria contínua.

Equipe assistencial multidisciplinar aderiu às boas práticas em prol da melhoria contínua.

A campanha de sobrevivência à Sepse se intensificou a partir de 2015 e envolveu a estruturação da equipe de qualidade, o gerenciamento dos principais protocolos assistenciais, o acompanhamento e a avaliação dos eventos assistenciais, a capacitação de toda equipe assistencial e a implantação da cultura de segurança. Um passo importante nesse planejamento foi a utilização do sistema da epimedsolutions. Ele permitiu o acompanhamento da performance do paciente séptico e possibilitou a avaliação em prol de melhorias no gerenciamento do protocolo. Depois dessas ações, houve uma redução considerável do índice de mortalidade, dos custos e do tempo de internação.

Os bons resultados fizeram com que o Instituto Latino Americano de Sepse (ILAS) reconhecesse, por meio do Certificado por Distinção, que o HAB trata os pacientes sépticos com alta performance e resolutividade. Atualmente, o HAB tem um dos dois maiores desempenhos do Brasil. É a segunda instituição a receber o certificado no país, e a primeira da região norte. O Prêmio foi entregue durante o Fórum Internacional de Sepse, que aconteceu entre os dias 04 e 05 de maio. “A gente reconhece a responsabilidade, um trabalho consistente com uma evolução incontestável e surpreendente, esse é também um trabalho pioneiro com uma relevância enorme para a medicina”, comentou a médica Gilzélia Almeida, representante do Health Services Accreditation, instituição que participou da avaliação no desempenho do HAB.

Dr. Edgar à esquerda, avaliadoras do Health Service Accreditation ao centro e Enfermeira Milce Oliveira, gerente de qualidade do HAB.

Dr. Edgar à esquerda, avaliadoras do Health Service Accreditation ao centro e Enfermeira Milce Oliveira, gerente de qualidade do HAB.

A campanha em combate a Sepse no HAB foi eficaz por sua abrangência. Começou com intervenções diagnósticas e terapêuticas que geraram indicadores de qualidade. Em seguida, os profissionais da assistência aderiram às boas práticas. As notificações dos casos também foram essenciais, pois tornaram-se subsídios para a melhoria continua dos protocolos. Uma conquista que veio como fruto do trabalho multidisciplinar. “Os investimentos estão alinhados ao nosso lema, pois salvar é a nossa natureza”, comentou Jackson Freire, diretor administrativo do HAB. “Queremos continuar com essas medidas e fazer mais para que


Notícias Relacionadas:

img_6640

Hospital investe na valorização do colaborador

“Eu cresci muito aqui, e continuo crescendo!”, disse o trabalhador Leonardo Oliveira, que teve no Hospital Adventista de Belém o primeiro emprego, a oportunidade de atuar em vários setores,...

Campanha também leva carinho e conforto aos pacientes internados.

Hospital Adventista distribui 40 mil livros sobre Esperança

“Um livro sempre é uma boa companhia”, declarou a jovem Ingride Morais que estava na recepção do consultório no Hospital Adventista de Belém (HAB) quando um livro especial chamou...