0800 723 0022

     
slide 1


Depoimentos

Hospital Adventista distribui 40 mil livros sobre Esperança:

Data: 29 de maio de 2017 - Categoria: Capelania, Destaque

img_6182

Parceria entre Igreja e HAB garante a realização de mais um projeto “Leitos de Esperança”.

“Um livro sempre é uma boa companhia”, declarou a jovem Ingride Morais que estava na recepção do consultório no Hospital Adventista de Belém (HAB) quando um livro especial chamou sua atenção: “Vi no revisteiro essa literatura que falava sobre esperança, então logo comecei a ler e amei a linguagem simples e acessível”. Assim como Ingrid, cerca de duas mil pessoas circulam no Hospital Adventista de Belém diariamente. O objetivo é que todas elas tenham acesso ao livro “Em busca de Esperança”, de Ellen White.  “Não queremos que ninguém saia daqui sem esperança”, explicou Jackson Freire, diretor administrativo do hospital. É que há 10 anos o HAB apoia e participa da campanha “Impacto Esperança”, um projeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia que distribui milhares de livros sobre esperança a cada ano.

Ingride Morais já aproveitou a espera no consultório para iniciar a leitura.

Ingride Morais já aproveitou a espera no consultório para iniciar a leitura.

Desde o início do mês de maio os livros começaram a ser distribuídos aos clientes nas recepções e aos colaboradores, por meio do projeto de pequenos grupos, mas não parou por aí, o “Impacto Esperança” ganhou uma extensão no hospital: o projeto “Leitos de Esperança”, que já virou tradição. Na manhã de sábado, 27 de maio, os gestores do HAB e os membros da Igreja Adventista sediada no hospital, visitaram pacientes internados em mais de 150 leitos. Os pastores da Capelania do hospital também visitaram os pacientes internados em outro hospital particular da região. Há mais de 10 dias internado, seu Salomão Cruz foi um dos que recebeu a literatura. Ele tomava um banho se sol na praça central da instituição para ajudar na recuperação da força física, enquanto recebeu o livro para revigorar também sua força espiritual. Bastou olhar a capa e ele já confirmou o valor da esperança: “Ter esperança, isso é algo que não pode faltar na vida da gente”, ponderou.

Além do livro, os pacientes internados também receberam carinho, palavras de conforto e oração. E essas foram apenas uma das ações do “Impacto Esperança” na instituição. O projeto continua durante o ano, pois a meta é distribuir 40 mil livros em outros projetos sociais. Uma ação que leva esperança para quem realmente precisa, como declarou o senhor Neil Rocha. Ele recebeu o livro enquanto acompanhava a internação da sua esposa. “É um projeto muito importante, principalmente para quem está no hospital, porque a esperança reanima e ajuda também na recuperação, ainda mais porque traz uma palavra em nome de Deus”, concluiu.


Notícias Relacionadas:

Diene Vinagre aprovou o novo espaço e elogia a iniciativa de criar um ambiente lúdico para as crianças.

Hospital reinaugura posto pediátrico com conceito de humanização

O Hospital Adventista de Belém (HAB) revitalizou o posto de enfermagem pediátrico valorizando o conforto e bem-estar das crianças que ficam internadas. O ambiente moderno possui 12 apartamentos-leitos, além...

A campanha divulgou os principais fatores de risco.

HAB realiza ações em prol da campanha Setembro Amarelo

O suicídio é uma das principais causas de mortalidade no Brasil e no mundo. Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria, 9 em cada 10 casos poderiam ser prevenidos. Esse...